PUBLICIDADE

Lubrificação em excesso atrapalha o sexo?

Algumas mulheres sentem incômodo diante dessa situação; veja como contornar a questão

Por Daiane Becker (Crefito 179678-F), fisioterapeuta pélvica, colaboradora da plataforma Sexo sem Dúvida e idealizadora do instagram @falesobrevaginas.

A lubrificação vaginal é uma resposta fisiológica natural do corpo, que tem como objetivo reduzir o atrito na vagina durante a atividade sexual. Sua produção acontece pelas células do colo uterino e pelas glândulas de Skene e Bartholin, como resposta a algum estímulo direto ou indireto.

O que pode ocorrer, eventualmente, é uma hiperestimulação das glândulas, aumentando a produção de líquido. O curioso é que o que para muitas é escasso, para outras, é abundante. Enquanto inúmeras mulheres realizam procedimentos, como laser vaginal, para estimular e aumentar a lubrificação vaginal, outras fazem de tudo para reduzi-la.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A lubrificação em excesso, muitas vezes, causa desconforto em algumas mulheres. E os incômodos ou situações constrangedoras durante o sexo, relacionados a essa questão, podem impactar na resposta sexual feminina, dificultando o prazer e a obtenção do orgasmo.

Mas, e então, seria possível reduzir essa lubrificação? A resposta é não! A não ser que fosse possível a remoção de todas as glândulas responsáveis pela lubrificação da vagina. Mas isso não é realizado.

Por outro lado, manobras para reduzir e "contornar" a lubrificação excessiva podem ajudar as mulheres na hora H, como secar o excesso com uma toalha, reduzir o tempo de preliminares e usar preservativo durante a relação.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Entender que o excesso de lubrificação não é patológico também ajuda a conviver com a situação. Afinal, a lubrificação é uma resposta positiva do seu corpo, significa que os estímulos estão adequados. Onde tem lubrificação, tem prazer!

Outra forma para lidar com o excesso é o diálogo aberto com seu parceiro ou sua parceira. À medida que nos relacionamos, conhecemos melhor nosso corpo, as sensações e os estímulos que nos dão mais (ou menos) prazer. Explicar com naturalidade gera confiança, além de sinalizar positivamente na resposta e na lubrificação sexual.

Lembre-se: o importante é ter prazer!

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)