PUBLICIDADE

Bebê prematuro moderado a tardio: saiba como cuidar

Conheça os cuidados necessários na hora de levar seu bebê para casa

De acordo com a classificação de idade gestacional, o bebê prematuro moderado a tardio é aquele que nasce com idade gestacional de 32 até 36 semanas e 6 dias.

A neonatologista Lilian Sideck aponta quais são as características do bebê prematuro moderado a tardio:

Características do prematuro moderado a tardio

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Embora essa seja uma classificação de prematuridade que apresenta menos riscos, eles também demandam alguns cuidados especiais, que garantem maior segurança ao seu bebê.

Quando falamos dos riscos, Lilian afirma que precisamos dividir a classificação em prematuro moderado para bebês com nascimento entre 32 e 33 semanas e 6 dias, e prematuro tardio para aqueles com 34 a 36 semanas e 6 dias.

Riscos do nascimento prematuro

Os prematuros moderados apresentam mais riscos em comparação aos prematuros tardios, e estes por sua vez apresentam menos riscos que um bebê recém-nascido. ?É importante salientar que cada semana a mais que o feto ganha dentro do útero materno, menos riscos ele terá após o nascimento?, complementa Lilian.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Devido ao maior risco de intercorrências, o prematuro moderado passará maior tempo na internação, podendo variar entre 2 e 4 semanas. Já o bebê prematuro tardio corre o risco de ter as mesmas complicações, porém em menor escala. Por isso, seu tempo de internação é menor e pode variar de 4 dias até 2 semanas.

Bebês com essa idade gestacional podem ter mais intercorrências como:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Durante a internação

A neonatologista afirma que a mãe deve sempre ter o contato com o bebê, preferencialmente já na sala de parto. Os bebês pré-termo moderado muitas vezes precisam ficar em incubadora para manter a temperatura corpórea e observar o desconforto respiratório, mas a mãe pode vê-lo na incubadora ainda na sala de parto.

Os bebês de prematuridade tardia que nascem sem complicações devem ser colocados em contato pele a pele com a mãe, controlando a temperatura do bebê.

"Muitos desses bebês pré-termo moderado ou tardio podem precisar ficar internado em UTI neonatal nos primeiros dias, nesses casos é importante a mãe ir visitá-los e ficar o maior tempo possível ao lado deles, tocá-los e conversar com eles", explica Lilian.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Como cuidar de um bebê prematuro em casa

A especialista afirma que após a alta hospitalar, os bebês deverão retornar em consulta com o pediatra em 2 ou 3 dias para avaliar a amamentação, ganho de peso e se ainda está com icterícia.

Em casa, os cuidados são semelhantes aos de um recém-nascido. O ambiente deve estar limpo, especialmente sem tabaco. Não é recomendado que ele seja exposto a muitas visitas e deve dormir um em ambiente tranquilo e com ventilação indireta.

Alimentação do bebê prematuro

A alimentação ideal para o bebê, independente de sua idade gestacional, é o leite materno. Porém, inicialmente os bebês prematuros precisam de soro para manter os níveis de glicose adequados e recebem o leite materno através de sonda colocada na boca até o estômago.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Geralmente a partir de 34 semanas de idade gestacional o bebê desenvolve capacidade de coordenar os movimentos de sucção e deglutição, e nesses casos o bebê já consegue sugar o seio materno e o soro é desconsiderado.