PUBLICIDADE

Gynopac (comprimido revestido e creme)

Princípios ativos: tioconazol, tinidazol, secnidazol

ESTE TEXTO FOI EXTRAÍDO MANUALMENTE. CONSULTE SEMPRE A BULA ORIGINAL

Posologia, dosagem e instruções de uso de Gynopac

Creme vaginal

1. Retire a tampa da bisnaga.

2. Perfure o lacre da bisnaga com o fundo da tampa. Não utilize outro material para perfurar o lacre.

3. Encaixe o aplicador no bico da bisnaga previamente aberta, rosqueando-o.

4. Para encher o aplicador, puxe o êmbolo até a trava e aperte suavemente a bisnaga até o enchimento total.

5. O aplicador, já contendo o creme, deve ser introduzido cuidadosamente na vagina, de preferência na posição deitada, com as pernas elevadas. Para uma maior eficácia do produto, a aplicação deve ser a mais profunda possível.

6. Após o uso do aplicador, deve-se descartá-lo. Deve ser usado um aplicador para cada aplicação.

Atenção: Certifique-se de que todo o conteúdo do aplicador tenha sido transferido para a vagina.

POSOLOGIA

Creme vaginal

Aplique o conteúdo de um aplicador cheio (aproximadamente 5 g de creme), uma vez à noite, ao se deitar, durante sete dias consecutivos ou, como alternativa, duas vezes ao dia, durante três dias.

O creme vaginal deve ser aplicado profundamente na vagina, de preferência fora do período menstrual.

Mesmo que os sintomas tenham melhorado, o tratamento só estará concluído ao final do tempo recomendado. Parar antes poderá resultar em retorno do processo infeccioso.

Comprimido revestido

Administre de uma só vez os dois comprimidos de 1000 mg de secnidazol. Quando indicado pelo médico, após avaliação do casal, a mesma dosagem deve ser administrada pelo cônjuge.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Este medicamento (comprimido revestido de secnidazol) não deve ser partido, aberto ou mastigado.

Mais de: Gynopac