PUBLICIDADE

Drunkorexia: saiba mais sobre esse transtorno alimentar

Distúrbios alimentares estão ficando cada vez mais comuns e prejudiciais

Todo mundo já ouviu falar de alguém que sofre de anorexia nervosa - pessoa que tem uma visão tortuosa da sua imagem e, mesmo magra, se sente gorda e se priva de comer para atingir uma magreza doentia - e bulimia - quando alguém come compulsivamente e, depois, com a consciência pesada, induz o vômito e/ou faz uso de laxantes e diuréticos para "compensar"-. As mulheres são as principais vítimas desses distúrbios, mas os homens, principalmente os mais jovens, também sofrem com o problema.

Mas um novo distúrbio foi trazido à tona e vem sido comentado bastante pela mídia: a drunkorexia. Entenda mais sobre esse novo distúrbio alimentar:

O que é?

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Trata-se de um distúrbio alimentar que mistura anorexia e problemas de alcoolismo. Em português, convencionou-se chamar de alcoorexia, mas o termo em inglês, que mistura "drunk" (bêbado) e anorexia, ainda é mais popular. Quem sofre de anorexia restringe a ingestão de álcool por conta do excesso de calorias (para você ter uma ideia, um grama de álcool fornece sete calorias, enquanto um grama de açúcar contém quatro).

Só que aqueles que sofrem de drunkorexia costumam beber antes de comer para relaxar ou o fazem para baixar a ansiedade por ter "ousado" fazer uma refeição. Há casos em que a pessoa passa o dia sem comer para compensar a ingestão calórica das bebidas na noite anterior. Também existem aqueles que bebem antes das refeições para despistar a fome.

O fato é que as bebidas alcoólicas funcionam como uma anestesia para as emoções ruins, principalmente em relação às frustrações com o próprio corpo. E normalmente as bebidas preferidas são os destilados (vinho, vodka, uísque, etc.), uma vez que a cerveja causa a famosa barriguinha.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

"Se as pessoas tomassem consciência de que a beleza está na diferença, esses transtornos não existiram"

Na novela "Viver a Vida", o autor Manoel Carlos e a atriz Bárbara Paz deram vida à Renata, uma modelo que compensava no álcool todas as suas tristezas, além de fugir das refeições por se achar muito gorda. Celebridades internacionais como Lindsay Lohan e Amy Winehouse também ficaram conhecidas por precisar de tratamento constante por conta desse distúrbio.

Os perigos

O transtorno da drunkorexia é recente e ainda precisa ser alvo de estudos mais conclusivos. Contudo, é fato que provoca diversos danos à saúde, como dependência ao álcool e doenças associadas ao seu uso excessivo, como, por exemplo, ansiedade, depressão, nervosismo, traumatismos, convulsões, câncer de garganta, diabetes e, dano ao feto ? no caso de mulheres grávidas.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Outras possíveis consequências incluem câncer de boca e esôfago, resfriados frequentes e menor resistência a infecções ?, por conta da fragilidade do sistema imunológico, danos hepáticos, tremores nas mãos, inchaço, gastrite, úlcera, maior propensão a quedas, envelhecimento precoce, perda de memória, anemia, insuficiência cardíaca, hemorragias, alterações na coagulação, diarreia, vômitos, pancreatite, deficiências nutricionais causadas pela restrição de nutrientes essenciais ao bom funcionamento do organismo e perda e/ou excesso de peso.

Além das complicações físicas, há também alterações no comportamento da pessoa, como agressividade e conduta irracional. Perda do emprego e problemas familiares e com amigos também são consequências da doença. Mesmo porque não é novidade nenhuma que beber de barriga vazia faz o efeito de o álcool acelerar.

O tratamento

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Assim como qualquer distúrbio alimentar, a drunkorexia não se cura de um dia para o outro, podendo, inclusive, ressurgir em tempos difíceis e estressantes. Para começar o tratamento, é preciso uma equipe multidisciplinar, composta por psicólogo, psiquiatra, endocrinologista e nutricionista. Reforçar a autoestima de uma pessoa com esse distúrbio também é fundamental e essa tarefa não cabe apenas aos médicos: a família e os amigos precisam apoiar o paciente sempre.

A beleza de ser você mesmo

Se as pessoas tomassem consciência de que a beleza está na diferença, esses transtornos não existiram. Mas a sociedade chega a ser cruel com que está acima do peso (veja só exemplo da cantora Mariah Carey, que recentemente fez um show em Barretos e foi quase crucificada pela mídia por estar acima do peso) e, por isso, todo mundo acha que deve entrar em um "padrão". Então, coloque na sua cabeça de que, se você quiser mudar o corpo, isso deve ser feito pra agradar a você mesmo, não aos outros. Quando você faz sua própria felicidade, os elogios e a admiração alheia são certeiros, sabia?

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)