PUBLICIDADE

Maurício Manieri sofre infarto e é internado em SP

Segundo representantes do cantor, ele passa bem após ser submetido a um cateterismo de urgência

Maurício Manieri, de 50 anos, precisou ser internado após sofrer um infarto. De acordo com a equipe do cantor, ele foi levado às pressas a um hospital, na última sexta-feira (11), depois que sentiu fortes dores no peito e falta de ar. O mal estar começou assim que o artista apresentou uma live pela internet.

Segundo as informações divulgadas pela Opus Entretenimento, após a realização de exames, os médicos detectaram duas artérias obstruídas em Manieri. Desta forma, o cantor precisou passar por um cateterismo de urgência nesta segunda-feira (14).

Em geral, o procedimento é realizado para diagnosticar ou tratar doenças cardíacas e também é eficaz para desobstruir as veias. Para a realização do exame, um fino cateter é inserido na circulação, geralmente em uma artéria da perna ou pulso, e vai até o coração para examinar a circulação das coronárias ou avaliar arritmias.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

"O cateterismo foi bem-sucedido, o cantor passa bem e está na UTI para acompanhamento", informa a equipe do artista em nota. Manieri está internado na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital São Luiz, em São Caetano do Sul, região do ABC Paulista.

Sinais que indicam um infarto

O infarto acontece quando parte do músculo cardíaco para por falta de oxigênio. A nutrição do órgão é feita pelas artérias coronárias, que levam sangue e nutrientes até o coração. Se uma artéria dessas "entupir" - que ocorre quando uma placa de gordura se move dentro do vaso - o fluxo de sangue é interrompido e aquela área entra em sofrimento (causando dor).

Segundo o cardiologista Bruno Valdigem, a dor do infarto é uma sensação mal definida. Ainda que a maioria das pessoas sinta um aperto no meio do peito, que se espalha para o braço direito, há também outros sintomas menos característicos, como:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Qualquer dor nessas regiões que se mantêm por mais de 20 minutos deve ser investigada e considerada grave, especialmente se associada aos seguintes sintomas: vômitos, tontura, indigestão, suor frio, fraqueza intensa e palpitações.

Na presença dessas sensações, procure ajuda no pronto socorro mais próximo em, no máximo, uma hora. Com o passar do tempo, a dor diminui, mas o dano se torna maior e mais irreversível. Caso não seja tratado adequadamente, o infarto pode levar até mesmo à morte.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O que acontece no infarto

Infarto: saiba como e por que o coração para de funcionar

6 sinais que o corpo dá semanas antes de um infarto

Infarto: saiba quais são os cuidados com os primeiros socorros

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Sinais que indicam um infarto

O infarto acontece quando parte do músculo cardíaco para por falta de oxigênio. A nutrição do órgão é feita pelas artérias coronárias, que levam sangue e nutrientes até o coração. Se uma artéria dessas "entupir" - que ocorre quando uma placa de gordura se move dentro do vaso - o fluxo de sangue é interrompido e aquela área entra em sofrimento (causando dor).

Segundo o cardiologista Bruno Valdigem, a dor do infarto é uma sensação mal definida. Ainda que a maioria das pessoas sinta um aperto no meio do peito, que se espalha para o braço direito, há também outros sintomas menos característicos, como: