PUBLICIDADE

Osteomielite: o que é, causas, sintomas, tratamento

Visão Geral

O que é Osteomielite?

A osteomielite é uma inflamação que afeta o tecido ósseo e é, geralmente, causado por uma infecção bacteriana ou fúngica

Tipos

A osteomielite pode se apresentar de diferentes formas: de maneira endógena, conhecida como osteomielite hematogênica, e exógena, causada por agentes externos, durante cirurgias, por exemplo.

Além disso, a infecção se dá em sua forma aguda e também na crônica, quando ultrapassa mais de um mês de tratamento.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Causas

A maioria dos casos de osteomielite é decorrente de uma infecção por bactérias Staphylococcus, um tipo que é normalmente encontrado na pele ou no nariz de seres humanos. A osteomielite também pode ser causada por fungos e vírus.

Tanto as bactérias causadoras quantos os fungos e os vírus podem chegar a um osso por diferentes maneiras, incluindo:

Circulação sanguínea

Bactérias que viajam pela corrente sanguínea, como as causadoras de pneumonia ou de infecção urinária, podem atingir um osso enfraquecido e causar osteomielite.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Infecção próxima

Feridas profundas que infeccionaram podem levar à osteomielite, uma vez que infecções causadas por bactérias podem se espalhar e atingir um osso próximo ao ferimento.

Contaminação direta

A contaminação bacteriana pode ocorrer se a pessoa quebrou um osso, principalmente quando o caso é de fratura exposta. Pode-se contrair a doença também durante cirurgias.

Sintomas

Sintomas de Osteomielite

Os principais sinais e sintomas de osteomielite incluem:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Pode acontecer, também, de a osteomielite não causar sintomas ou manifestar sinais difíceis de distinguir, por serem muito similares a outros problemas.

Visão Geral

Fatores de risco

Os ossos do corpo, normalmente, são resistentes à infecção. Entretanto, alguns fatores contribuem para o desencadeamento da infecção nos ossos. Veja:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Lesão recente ou cirurgia ortopédica

Fraturas graves ou ferimentos profundos podem levar a infecções nas áreas próximas ao tecido ósseo. Mordidas profundas e graves de animais também podem levar à infecção.

Cirurgias para reparar ossos fraturados ou substituir articulações desgastadas também podem abrir acidentalmente um caminho para bactérias entrarem no corpo, assim como a colocação de pinos e demais fixadores externos podem infectar um osso. Além disso, cáries não tratadas podem ser profundas ao ponto de atingirem os ossos da mandíbula e causar uma osteomielite.

Doenças de circulação

Doenças que afetem a circulação sanguínea, como diabetes, doença arterial periférica, muitas vezes relacionada ao tabagismo e doença falciforme.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Doenças que exigem linhas intravenosas ou cateteres

Há um certo número de condições que requerem a utilização de tubagem médica para ligar o exterior com os seus órgãos internos. No entanto, apesar de necessário, este tubo também pode servir como uma forma de entrada de bactérias, aumentando o risco de uma infecção e levando, assim, à osteomielite. Este tipo de tubo pode ser utilizado em casos de hemodiálise e no uso de cateteres urinários

Condições que afetem o sistema imunológico

Doenças, medicamentos e demais condições que afetam o sistema imunológico podem colocar uma pessoa sob maior risco de desenvolver osteomielite. Veja exemplos:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Por razões ainda desconhecidas, pacientes soropositivos não apresentam maior risco de osteomielite.

Materiais não esterilizados

Usar qualquer material cortante ou perfurador que não tenha sido devidamente esterilizado no corpo é um potencial risco para a ocorrência de infecções e, consequentemente, para a osteomielite.

Convivendo (prognóstico)

Osteomielite tem cura?

Com o tratamento, o resultado para osteomielite costuma ser bom. No entanto, a perspectiva de recuperação é menos otimista para pacientes que convivem com a osteomielite crônica. Em casos como esses a amputação pode ser necessária, especialmente em pacientes com diabetes ou problemas de circulação do sangue.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Diagnóstico e Exames

Buscando ajuda médica

Consulte um médico se você apresentar dor óssea juntamente com febre – principalmente se a dor piorar com o tempo. Se você esteve sob risco de infecção por causa de uma condição médica, cirurgia ou lesão recente, consulte um especialista imediatamente se você notar sinais e sintomas de uma possível infecção.

Na consulta médica

Especialistas que podem diagnosticar osteomielite são:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Estar preparado para a consulta pode facilitar o diagnóstico e otimizar o tempo. Dessa forma, você já pode chegar à consulta com algumas informações:

O médico provavelmente fará uma série de perguntas, tais como:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Diagnóstico de Osteomielite

O médico deverá pedir uma combinação de exames, testes e procedimentos para diagnosticar corretamente uma eventual osteomielite e, também, para determinar o que está causando a infecção. Veja alguns exames que você provavelmente terá de fazer se houver suspeita da doença:

Tratamento e Cuidados

Tratamento de Osteomielite

O tratamento da osteomielite é feito de modo multidisciplinar. O primeiro passo é investigar a causa da osteomielite. Para isso, é preciso uma abordagem cirúrgica, com limpeza e remoção do tecido infectado e identificação da bactéria causadora da infecção.

Posteriormente, é administrado o antibiótico para combater a bactéria, além de analgésicos.

Pode ser implantada uma prótese nova na mesma operação. Mais frequentemente, os médicos esperam até que a infecção tenha desaparecido, sem necessidade de tratamento.

Medicamentos para Osteomielite

Os medicamentos mais usados para o tratamento de osteomielite são:

Somente um médico pode dizer qual o medicamento mais indicado para o seu caso, bem como a dosagem correta e a duração do tratamento. Siga sempre à risca as orientações do seu médico e NUNCA se automedique. Não interrompa o uso do medicamento sem consultar um médico antes e, se tomá-lo mais de uma vez ou em quantidades muito maiores do que a prescrita, siga as instruções na bula.

Convivendo (prognóstico)

Complicações possíveis

Osteomielite pode levar a complicações de saúde mais sérias, como:

Prevenção

Prevenção

A prevenção para a osteomielite passa por uma boa alimentação e por hábitos de vida saudáveis para o fortalecimento do sistema imunológico. Além disso, vale ter atenção aos fatores de risco que corroboram para o surgimento da infecção, como o uso de materiais não esterilizados e situações que podem favorecer a contaminação dos ossos.

Referências

Revista Brasileira de Ortopedia;MSD Manuals;Carlos Augusto Finelli, ortopedista do Hospital Alvorada Moema - CRM 85579-SP